29
Abr
04

Tipos de Gajas, Teoria dos — Parte I: Inteligência

Primeiramente, determinar se uma gaja é mais inteligente ou mais estúpida, não é tarefa árdua. Isto é, observando pequenos sinais nela, saber se estamos na presença de uma cona culta e inteligente ou de uma analfabeta e básica, é fácil: directivas como a linguagem, o vocabulário e o discurso são preponderantes. Uma gaja inteligente, fala sempre bem, se quiser. Atenção! Se é muito inteligente pode ter a faculdade de ludibriar o homem mais facilmente e isso pode não só induzir-nos em erros crassos e graves de avaliação como a erros de atitude errónea! Mais, uma tipa inteligente, além de falar no tempo certo ouve sempre melhor do que fala, e pior, processa a informação tão rápido quanto veloz sai da nossa boca, o que lhe confere junto das outras mulheres a opção de ser líder (o que não significa que seja, tem essa escolha, só). Dizem que astrologicamente, as mais inteligentes são as Aquário, as Leão e as Carneiro, mas não aconselho levar isto a peito, considero-o demasiado falível e penso que a astrologia é actividade fanchona.
A inteligência dela, é SEMPRE afectada/variada pelos outros parâmetros intrínsecos da Teoria dos Tipos de Gajas, como por exemplo o grau de ‘puticidade’, de pré-disposição ou de alcoolémia, principalmente este último.

Quanto mais inteligente ela é, menos directos temos de ser! (Pronto, daqui para baixo é o desenvolvimento e demonstração chata da equação: só lê quem quer ter mais de 12 no exame!) Uma gaja estúpida, simplesmente não percebe a abordagem indirecta ou subtil, não capta as segundas intenções, logo não cria pré-disposição para elas, para o sexo, para o broche, para o escancaramento brutal, para tudo o resto afinal… (Nunca olvidar que uma sócia inteligente pode sempre fazer-se de estúpida, e nunca o contrário!) Normalmente, se formos menos cavalheiros, menos atenciosos, menos sensíveis e mais machos com este tipo de gajas (burras), teremos mais propensão ao sucesso.
Uma inteligente é das aventuras/conquistas/relações mais recompensadoras (pelo menos para mim), mas não anula o prazer que dá foder uma gaja estúpida como uma porta, e durante o acto lembrarmo-nos de como a levámos até à abertura: é uma questão de inflamento do ego.

Nunca esquecer, que por serem as mais recompensadoras, são talvez as mais difíceis de enganar (talvez só as enganemos mesmo, quando elas deixam), porque conseguem ser também elas inteligentes conosco, o que não é necessariamente bom, mas sim perigoso.
Com qualquer gaja, a atitude varia com a personalidade de cada um. Podemos sempre é alterar alguns pequenos comportamentos nossos. Mas são as pequenas diferenças que discriminam os insucedidos!

(Hoje sem heheheha)

Nexis

Anúncios

2 Responses to “Tipos de Gajas, Teoria dos — Parte I: Inteligência”


  1. 1 loira burra
    Sábado, 24 Janeiro, 2009 às 14:16

    N és tipo cabrao nem nada pois nao?k filho da puta!

  2. Segunda-feira, 26 Janeiro, 2009 às 01:06

    llllllllllloooooooooooolllllllllllllllllll!!!

    Brutal…


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: