15
Mar
07

De longe a maior dor que alguma vez senti…

Esta semana faleceu um dos meus grandes amigos. Cometeu suicídio. Junto ao corpo deixou um bilhete, de que tenho uma cópia comigo, afixada, para nunca o esquecer:

«Esta é de longe, a pior dor que alguma vez senti,

Já é muito mau, acabar um namoro de cinco anos e meio com a pessoa que ainda se ama demais; mas é muito pior ela dizer-te, passado duas semanas, que já tem outra pessoa…
Por isso, isto que aqui vedes diante de vós, é o resto! Uma parte de mim morreu, outra matou-se! O que sobra foi o bocado que quis morrer mas não conseguiu, outro pedaço que quis matar-se, mas não se matou, e uma ínfima parte que ainda quis continuar a viver. Isto, é o resto.

13/3/2007»

Não houve resto, era isso que ele queria dizer, acho eu… Quem me dera que ainda tivesse havido, para nos rirmos juntos e falarmos como falávamos!
Onde quer que estejas, espero que seja um lugar mais feliz.

Um grande abraço, meu amigo, e até que um dia nos vejamos de novo. Cuida de ti.

Nexis


2 Responses to “De longe a maior dor que alguma vez senti…”


  1. 1 Yahweh
    Quinta-feira, 15 Março, 2007 às 14:32

    “Our greatest glory is not in never falling, but in rising every time we fall.” Confucio

  2. 2 konami
    Quinta-feira, 15 Março, 2007 às 15:38

    No comment to write…


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: